Pinturas de Hitler são vendidas em leilão por $ 440.000

Uma aquarela, assinada por A. Hitler, do Castelo de Neuschwanstein, na Baviera.

Quatorze aguarelas e desenhos supostamente obra de um jovem Adolf Hitler foram vendidos em um leilão na Alemanha por US $ 440.000 (cerca de 391.000 euros), informou o serviço de notícias alemão Deutsche-Presse Agentur. A obra de arte mais cara, uma aquarela assinada por A. Hitler, do Castelo de Neuschwanstein na Bavária foi vendida a um comprador não identificado da China na casa de leilões Weidler em Nuremberg por mais de $ 113.000 (100.000 euros); uma natureza morta de cravos custou mais de US $ 82.000 (73.000 euros), de acordo com a Deutsche-Presse Agentur. A arte data de 1904 a 1922 e inclui um nu feminino, cenas de Viena e Praga e um retrato de uma menina. A coleção foi vendida por substancialmente mais do que os $ 143,00 pagos em um leilão britânico em 2009 por um grupo de 13 pinturas atribuídas a Hitler. No ano passado, a casa de leilões Weidler vendeu uma aquarela que dizem ter sido pintada por Hitler para um comprador não identificado do Oriente Médio por cerca de US $ 161.000.